Exportação de produtos de madeira de pinus

Apesar de tendência de queda em comparação com os anos anteriores, em função da crise desencadeada pela pandemia de Covid-19, a produção de madeira serrada no estado do Paraná ainda é muito expressiva. O estado, que tem a maior área plantada com pinus no Brasil (692.089 hectares – Apre 2020), também é o que mais produz madeira deste gênero.

Depois de um baixo desempenho nos anos de 2015 e 2016, como reflexo da economia que diminuiu o consumo interno, a produção de serrados de pinus iniciou uma retomada, com foco no mercado externo. Em 2019 o Paraná exportou 424,6 mil toneladas em serrados de pinus. O principal destino foram os Estados Unidos, com 35,3% do total. Depois, os que mais compram madeira serrada de pinus do Paraná são: México (27,9%), Arábia Saudita (8,3%) e China (7,6%).

O compensado de pinus também é um dos destaques do Paraná, maior exportador brasileiro do produto. Em 2019 as indústrias paranaenses exportaram 760 mil toneladas do produto, o que significou um valor de US$ 341,1 milhões e 66,3% do total exportado pelo Brasil.

O estado da Região Sul também é o principal exportador de painéis reconstituídos de madeira. Em 2019 o volume comercializado para outros países representou 34,9% do total exportado pelo Brasil.

Os dados detalhados e atualizados de toda a cadeia produtiva de madeira de florestas plantadas no Paraná e no Brasil estão no Estudo Setorial Apre 2020, publicação pela Associação Paranaense de Empresas de Base Florestal, no fim do ano passado.

Fonte: PortoNave.